Swipe left or right
to navigate

Diogo Piçarra

Diogo Piçarra - cantor, compositor, autor, músico e produtor - é, neste momento, um dos nomes maiores da música portuguesa. Português, natural de Faro, mas com os olhos postos no Mundo, é em 2006 que inicia um percurso que lhe mudaria a vida para sempre. Foi nas suas primeiras aulas de guitarra que começa a dar voz a todos aqueles que o rodeavam. Um ano depois, ajuda a fundar a banda algarvia “Fora da Bóia”, onde não só se destacou como guitarrista da banda, como também pelas suas qualidades vocais e de composição. Tudo era novidade, escrever letras, compor, cantar e tocar ao vivo, gravar em estúdio, concursos e, foi neste ambiente que cresceu como músico, mas também como pessoa, onde desafiou os seus próprios limites e, acima de tudo, encontrou finalmente o seu verdadeiro objetivo de vida. Na procura do reconhecimento, Diogo concorre a várias audições de caça-talentos, nomeadamente TVI em 2008, Ídolos 2009, Operação Triunfo 2010, contudo, sem resultados positivos. Após 4 anos de banda, e de um relativo sucesso regional, Diogo Piçarra abandona o grupo para dar prio-ridade aos estudos e terminar a licenciatura fora do país, na República Checa. Em 2011, de regresso a Portugal, Diogo Piçarra renasce como artista, mas desta vez decide criar bases para uma carreira a solo. Inicia-se no mundo cibernauta e das redes sociais, através de vídeos de ver-sões acústicas de canções conhecidas, que disponibilizava no Youtube. Os convites começam a aparecer, os concertos cada vez mais cheios, e, desta forma, decide concorrer à 5ª edição do programa Ídolos. E foi em 2012, após cerca de 4 meses de audições, provas e atuações ao vivo, que Diogo Piçarra se sa-gra no novo Ídolo de Portugal, cujos prémios foram um curso de música com a duração de 6 meses na London Music School, em Londres, e um contrato discográfico com a editora Universal Music Portugal. Diogo volta a Portugal em 2013 com o diploma de melhor aluno do curso. Concentra-se então na composição do seu primeiro álbum. “Espelho” é lançado em 2015, atinge na primeira semana o número 1 do top nacional de vendas. Em 2016 atinge o galardão de Disco de Ouro e em 2017 chega a Platina. Em 2016 Diogo inicia-se na escrita com o projeto “Diogo Piçarra Em Pessoa”, onde se reinventa e reinter-preta poemas de Fernando Pessoa. Em 2017, lança o segundo álbum “do=s”. “do=s” escreve mais uma página de grande sucesso na ainda curta carreira de Diogo Piçarra. Entra diretamente para o nº 1 do top nacional de vendas, e recebe o galardão de Disco de Ouro. Os primeiros singles batem recordes pessoais de visualizações no YouTube. “Dialeto” recebe o galardão de Single de Platina e “História” o galardão de Single de Ouro. “do=s” torna-se na maior tour de Diogo Piçarra até à data, com mais de 70 concertos só em 2017, que culminou em dois concertos completamente esgotados nos míticos Coliseus do Porto e Lisboa. Acontecem também os primeiros concertos fora de Portugal: Paris, Zurique, São Paulo e Macau. Os laços além-fronteiras começam a ser fortalecidos, e a primeira parceria é revelada. Diogo Piçarra parti-cipa na música “Trevo” da dupla brasileira Anavitória, que rapidamente atinge milhões de visualizações no YouTube e recebe o Galardão de Single de Platina em Portugal.

Reconhecido e respeitado no meio artístico português, Diogo Piçarra cria laços e amizade com outros ar-tistas, que se materializam em músicas de sucesso como “Wall Of Love” dos Karetus, “Entre As Estrelas” de Jimmy P; “Até ao Fim” em parceria com Agir e “Respirar” em parceria com Carolina Deslandes e Agir, temas em que participa enquanto autor e intérprete. O seu trabalho enquanto autor e produtor é cada vez mais reconhecido, é convidado para dar o seu con-tributo a inúmeros projetos, de onde se destacam: a autoria do single “O Tempo” para o fadista Marco Ro-drigues, que contabiliza mais de 5.5 Milhões de visualizações; a co-autoria e co-produção do single “Es-tradas no Céu” do rapper Valas em dueto com a fadista Raquel Tavares; a co-autoria do single “És Só Tu” de David Carreira em dueto com Inês Herédia; a co-produção do single “Closer” para Isaura.

Também internacionalmente tem composto para uma série de artistas, cujos projetos serão revelados em breve.

Em maio de 2018, editou digitalmente o EP Abrigo com 3 inéditos - “Era Uma Vez”, “Abrigo” e “Paraíso” - estreando no seu canal VEVO 3 videoclipes que funcionam como uma trilogia, inteiramente concebidos,

realizados e editados pelo próprio Diogo Piçarra em parceria com o irmão André Piçarra. Esta foi a primeira vez que Diogo Piçarra foi totalmente responsável por uma edição, tendo produzido na integra todos os temas que compõem este EP.

2018 tem sido mais um ano de muitos desafios para Diogo Piçarra. Subiu ao Palco Mundo do Rock in Rio em Lisboa, e ao palco principal do Meo Sudoeste, entre muitos outros palcos importantes nos mais de 60

concertos já agendados para este ano. Ainda em 2018, o seu disco “do=s” foi lançado no Brasil, numa edição com um alinhamento muito especial. Diogo regressou mais uma vez a São Paulo para promover este lançamento, estando presente em vários programas de TV e de rádio.

Nomeações
  • Melhor Artista a Solo

Diogo Piçarra